FAÇA COM QUE O SEU TEMPO CONTE

Se não há horas suficientes no seu dia para conseguir fazer tudo, então há grandes hipóteses de se identificar com o lamento de David: “Na verdade, em vão se inquietam”. (Salmo 39:6).

Mark Roberts escreveu: “É difícil pensar numa visão mais relevante para o nosso tempo… estamos a ver as nossas poupanças a desaparecer e as nossas esperanças económicas frustradas… sentimos que andamos numa vã aparência (Sl 39:6), sem substância”.

Para maximizar o seu tempo, Mary M. Byers disse: “Faça listas: De um lado faça uma lista de todas as tarefas relacionadas com o trabalho e do outro de todas as tarefas relacionadas com a casa. Assim, será mais fácil lembrar-se de tudo. Primeiro consulte a sua agenda: compreender a sua carga de trabalho actual é essencial para manter objectivos realistas. Está com a agenda completamente cheia ou esta é uma semana mais relaxada? Caso se trate da última hipótese, consegue lidar com mais coisas do que conseguiria se estivesse sempre ocupado. Estabeleça prioridades: destaque o que tem de ser feito esta semana, e coloque tudo o resto numa lista secundária. Concentre-se na sua maior prioridade e trabalhe no resto à medida que o tempo lhe vai permitindo. Delegue: não há um colega que o possa auxiliar no trabalho? O mesmo se aplica às tarefas em casa, deixe que os seus filhos participem. Isso irá ajudá-lo a incutir neles um sentido de orgulho e responsabilidade. Identifique as circunstâncias extenuantes: está exausto porque tem estado a cuidar de um ente querido, ou tem responsabilidade acrescida porque o seu companheiro está fora? Em tempos particularmente difíceis permita-se deixar algumas coisas de lado sem se sentir culpado por não estar a fazer tanto como costumava. Aprenda a libertar-se: quanto mais tempo algo estiver na sua lista, menos importante se tornará.”